Fernando Hugo comunicou oficialmente ontem à Justiça Eleitoral a sua saída do PSDB e depois de amanhã se filia ao Solidariedade (Foto:Reprodução)
O deputado estadual Fernando Hugo já não está mais filiado ao PSDB. Ontem, oficialmente, ele comunicou o seu desligamento à Justiça Eleitoral e aguarda o prazo de 48 horas para assinar a ficha de filiação ao Solidariedade, presidido no Ceará pelo deputado federal Genecias Noronha, ex-integrante da bancada do PMDB na Câmara Federal.

Hoje, oficialmente, o governador Cid Gomes anuncia a filiação dos seus liderados, no antigo PSB, ao PROS (Partido Republicano da Ordem Social), como ficou acertado no último sábado, segundo relato feito pelo Diário do Nordeste, no último domingo e confirmado pelo presidente nacional da nova agremiação, Eurípedes Júnior, após encontro com o governador Cid Gomes, na residência oficial do Governo, no último fim de semana.

Solidariedade

O anúncio do governador será feito na presença de todos os vereadores, prefeitos e deputados a ele ligados, nesta noite, no Hotel Romanos, na BR 116. O presidente do PROS, Eurípedes Júnior deverá estar presente. Só devem ir para esta agremiação os antigos filiados ao PSB. Outros aliados do governador deverão ser filiados ao Solidariedade.

No último domingo, o governador Cid Gomes, o vice-governador Domingos Filho, e o presidente da Assembleia, deputado José Albuquerque, acertaram os detalhes das mudanças de partido de alguns deputados estaduais e suplentes ao Solidariedade, partido que poderá votar para presidente da República no candidato Aécio Neves, mas tem o compromisso de apoiar, no Ceará, o candidato de Cid ao Governo do Estado.

O primeiro a acertar sua filiação a este partido foi o deputado Fernando Hugo. A deputado Bethrose (PRP) e o deputado Manoel Duca (PRB), também devem se filiar ao Solidariedade juntamente com os suplentes de deputado estadual Mailson Cruz e Ana Paula Cruz, ambos do mesmo PRB.

Até ontem à noite estava sendo esperada a confirmação da filiação ao Solidariedade do tucano Marcos Cals e do ex-prefeito do Crato, Samuel Araripe, também do PSDB, ambos candidatos a deputado estadual em 2014. O vice-governador Domingos Filho estava conduzindo as negociações com eles.

PT

Ontem, Cid Gomes passou o dia em São Paulo, para atender a compromissos com a TV Cultura, onde foi entrevistado, ao vivo, à noite. Ele não tinha compromissos políticos na Capital paulista, embora algumas informações desse conta de possíveis contatos seus com o ex-presidente Lula e com Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD.

A ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, estava com dois compromissos marcados: o primeiro com o presidente nacional do PT, Rui Falcão, e o segundo com emissários do PSB, inclusive o seu ex-marido, Sérgio Novais, que tenta levá-la para apoiar a provável candidatura de Eduardo Campos à Presidência da República.

O anúncio da conversa de Luizianne com emissários do PSB, passou a integrar a pauta dos debates entre os candidatos à presidência do PT de Fortaleza, na noite de ontem. Antes do debate, alguns correligionários de correntes diversas da ex-prefeita, criticavam o seu comportamento de estar discutindo uma possível saída do partido, quando ela criticava o governador do Estado e seu irmão Ciro Gomes, secretário de Saúde estadual, exatamente por suas constantes mudanças de filiação partidária. 

 

Fonte: Diário do Nordeste