Desde a chegada do 5G ao Brasil, a procura por aparelhos compatíveis com a tecnologia deu um salto de 5.000% nas ferramentas de busca. Especialistas, no entanto, lembram que a substituição do smartphone incompatível por um novo nem sempre vai ser vantajosa para o consumidor, dependendo do que o usuário faz com a rede móvel. Enquanto o 5G é associado ao aumento da produtividade da indústria e outros setores, o 4G, por outro lado, ainda é capaz de suprir a necessidade do consumidor médio, que não faz diferentes usos além do WhatsApp e outras redes sociais. (Yahoo)