A Polícia Civil, através da Delegacia Regional de Iguatu/CE, alerta para um novo golpe que tem surgido no aplicativo WhatsApp e pede que os usuários fiquem atentos. Segundo relatos, os bandidos entram em contato com as vítimas se identificando como integrantes de facções criminosas e, por meio de ameaças e intimidações, eles tentam extorquir dinheiro.

Recentemente, a Polícia Civil recebeu o relato de um usuário da rede social que foi abordado com a mensagem de um desses criminosos. O comerciante, que preferiu não se identificar, contou que o golpista entrou em contato com ele se apresentando como integrante da organização criminosa Comando Vermelho. Apesar da organização criminosa ser conhecida por ser do Estado do Rio de Janeiro, segundo ele o suposto criminoso utilizava um número com prefixo DDD 88 do Estado do Ceará. A vítima procurou a Delegacia de Polícia e foi informada que aquilo não passava de um golpe. Além disso, foi orientada a bloquear o número e não fornecer nenhuma informação sua.

A Polícia Civil comunicou que todos esses golpes seguem um mesmo padrão. Os criminosos alegam nas mensagens que a pessoa supostamente denunciou o tráfico e eles vão matar a pessoa. Com isso eles falam que querem “entender o lado” da vítima e cobram quantias em dinheiro para não matar a pessoa. Eles costumam intimidar a vítima a ponto dela ficar com muito medo, colocam a sua família na situação e falam que sabem o seu endereço. Tudo isso para amendontrar o máximo possível a vítima.

Segundo a Polícia Civil o golpe está ocorrendo com mais intensidade em face de empresários e comerciantes, pois essas pessoas, muitas das vezes, possuem os seus contatos e endereços disponíveis nas Redes Sociais.

Por fim, orienta-se que as vítimas não forneçam nenhuma informação, imediatamente realizem o bloqueio desses contatos e não realizem nenhuma transferência ou PIX para contatos desconhecidos. E caso seja necessário procurem a Delegacia de Polícia mais próxima.

Fonte: Delegacia Regional de Iguatu/CE