O vídeo de um homem espancando as filhas na praia de Itapuã, na Bahia, viralizou nas redes sociais e tem causado revolta desde o último sábado (31). O homem registrado nas imagens, identificado como Angelo Manoel, gravou um vídeo nesta terça-feira (3) dando a versão do caso e tentou justificar a agressão no local público.

As imagens iniciais, gravadas por um dos transeuntes da praia na data do Réveillon, mostra duas meninas se aproximando do pai e, em seguida, recebendo chineladas do homem, enquanto uma delas é até jogada contra o chão.

Agora, nas novas imagens divulgadas, Angelo afirmou que teria se revoltado com as crianças após elas se perderem em meio à multidão. Segundo ele, elas teriam sido avisadas dos riscos.

“Eu errei e passei dos limites, mas eu não matei minhas filhas, elas estão aqui comigo, sob os meus cuidados. Eu que cuido e levo para a escola. Minha vida é baseada nas minhas filhas. O único dinheiro que eu tinha eu quis ir para a beira da praia com a minha família”, disse, alegando que “é um pai e não um monstro”.

Fonte: Diário do Nordeste