Um padre tirou a batina, a jogou sobre o púlpito e abandonou uma missa após uma discussão política em uma igreja de Nerópolis, na Região Metropolitana de Goiânia, no domingo (6). Segundo uma testemunha, o padre Danilo Neto teria pedido para que quem tivesse votado em Luiz Inácio Lula da Silva (PT), candidato à presidência eleito, deixasse o local.

A missa estava sendo feita na Igreja Matriz Imaculado Coração de Maria. Após o pedido para que os eleitores de Lula se retirassem, de acordo com uma testemunha, uma mulher teria se levantado e começado a discutir com ele.

Ainda segundo um fiel, que não quis se identificar, algumas pessoas fizeram o símbolo do “L” com as mãos para o sacerdote, que não gostou do gesto.

Fonte: G1

DIÁLOGO MAIS – A REFORMA LUTERADA DE 31 DE OUTUBRO DE 1517 – EPISÓDIO 1