Cidade da Grande São Paulo sofre com “superdemanda” de atendimento.

Em protesto pelo tempo de espera, dezenas de pacientes tiveram de aguardar atendimento deitados no gramado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Guarulhos, cidade localizada na região metropolitana de São Paulo. O caso aconteceu em Guarulhos, cidade da região metropolitana de São Paulo, e ganhou grande repercussão nas redes sociais desde a última terça-feira (21).

Os registros foram tirados na UPA São João, no bairro Cidade Soberana. Questionada, a Prefeitura de Guarulhos informou que houve “superdemanda” de atendimento, mas “as equipes estavam completas”.

Sobre o atendimento na UPA
A Secretaria Municipal de Saúde de Guarulhos comunicou que há um “aumento significativo de indivíduos com sintomas respiratórios”. Na última quarta-feira (22), a Secretaria confirmou oito casos da variante H3N2 do vírus da gripe (influenza A). Outro agravante é que 27 casos suspeitos estão em investigação.

Nesta quinta-feira (23), todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), com exceção da UBS Alvorada, estão voltadas ao atendimento médico e de enfermagem dos pacientes com sintomas respiratórios leves, encaminhados de UPAs e Prontos Atendimentos.

Fonte: Portal GCMAIS

DIÁLOGO MAIS PODCAST – O Ódio na Política