Durante o evento de entrega dos tíquetes do Vale Gás Social, política pública permanente do Estado, Onélia Santana, titular da Secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos humanos (SPS) criticou a falta de ações do Governo Federal em pautas sociais, como o combate à fome.

“Ficou uma sobrecarga sobre o Governo do Estado. O Estado é quem cria todas as políticas públicas para amparar as famílias em situação de extrema vulnerabilidade”, disse Onélia. A fala foi feita nesta terça-feira, 22, na sede da SPS, no bairro Joaquim Távora.

A secretária também enumera os programas realizados durante a gestão do governador Camilo Santana (PT) e Izolda Cela (Sem partido): “O Mais Nutrição, Vale Gás Social e o Cartão Mais Infância compõem o programa mais robusto de distribuição de renda, por parte de um Estado como o Ceará, no País.”

“Precisamos acabar com a fome do Brasil. Nós temos 33 milhões de brasileiros em situação de insegurança alimentar, segundo a Rede Penssan. Nós também fizemos uma pesquisa no Ceará, e vimos que o Estado tinha a necessidade de investir em proteção social, principalmente diante do cenário de pós-pandemia e a falta de investimentos sociais por parte do Governo Federal”, afirmou.

A gestora também citou a participação do Big Data Social, uma ferramenta que oferece uma visão integrada e da área de Proteção Social do Ceará. “Cada município tem agentes sociais que monitoram as famílias em situação de vulnerabilidade no Ceará. Através desses dados, as políticas de proteção social são desenvolvidas.”

Ações citadas:

O Mais Infância Ceará é um programa de transferência de renda. As famílias contempladas com o benefício recebem R$ 100, mensalmente.

O Mais Nutrição visa garantir a segurança alimentar e nutricional regular de famílias em situação de vulnerabilidade do Ceará. A iniciativa mantém um banco de alimentos, que seriam desperdiçados pelos comerciantes da Ceasa, por falta de demanda ou condições estéticas, mas que permanecem adequados ao consumo humano e contém suas características nutricionais preservadas. Depois de tratados para o consumo, esses alimentos são doados para 127 entidades no Estado.

O Vale Gás Social é uma política pública permanente do Governo do Ceará, que distribui tíquetes de vale gás para famílias em situação de extrema vulnerabilidade social. O público-alvo do programa são as famílias do Cartão Mais Infância, beneficiários do Auxilio Brasil com renda per capita igual ou inferior a R$ 150.

Fonte: O Povo