Marcas de bala ficaram nas paredes
Na tarde desta quinta-feira, 17/04, mais uma tentativa de homicídio em Iguatu, a 2ª em 24 horas.

Desta vez a vítima foi Marciano Tomas da Silva, 28 anos de idade e que cumpre o regime semi-aberto. A tentativa contra a vida de Marciano se deu na 27 de novembro, por trás do antigo CSU. Segundo familiares da vítima, Marciano estava indo para o presídio, cumprir o regime semi-aberto, o que faz todos os dias.

Uma das irmãs da vítima disse que o mesmo não consegue cumprir o regime porque seus inimigos tentam a todo custo tirar sua vida. Segundo a mesma, no dia anterior, quarta-feira, seus inimigos, que ela disse saber quem são, atiraram nele, mas não acertaram.

Curiosos chegaram no local rapidamente

Marciano da Silva foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros para a Unidade de Pronto Atendimento- UPA. O mesmo não foi levado para o Hospital Regional porque o raio-X está quebrado e também não tinha médico. Marciano foi atingido na perna e no pé. Marcas dos tiros ficaram na parede.