(Foto: Reprodução)

“Nós atendemos famílias que vivem e convivem com o HIV, são pessoas que ainda sofrem muito preconceito por parte da sociedade, o que acaba dificultando a entrada no mercado de trabalho e em diversas outras atividades. Levar estes alimentos para a mesa destas famílias é garantir qualidade de vida para elas, é garantir que poderão seguir com o tratamento tranquilamente, porque não vai faltar uma boa alimentação em suas mesas”, contou Daniela Goulart, tesoureira da Associação Caririense de Luta Contra a AIDS, enquanto recebia as doações das cestas de alimentos do Mais Nutrição. A Associação é uma das 35 entidades credenciadas ao programa no Cariri. Todas elas foram beneficiadas com a doação de parte das sete toneladas de alimentos arrecadados no jogo de inauguração da Arena Romeirão.

Desse total, parte foi doada diretamente às famílias afetadas com as enchentes de Barbalha e parte foi entregue na manhã desta quinta-feira às 35 entidades de Barbalha, Crato e Juazeiro do Norte credenciadas ao Mais Nutrição.

A secretária da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos, Onélia Santana, destaca que o trabalho das associações tem uma extrema importância para que os alimentos doados cheguem às famílias com mais necessidades. “As associações trabalham em diversas causas e chegam aos lugares onde ainda não alcançamos e isto nos mostra o quanto é importante nos darmos as mãos e trabalharmos juntos para atender estas famílias”, frisou Onelia Santana, agradecendo aos times do Icasa, Barbalha, Ceará e Fortaleza pelo engajamento na ação.

Os alimentos foram arrecadados durante partida festiva de inauguração do estádio entre um combinado de atletas de clubes do Cariri, como Icasa, Guarani de Juazeiro, Crato e Barbalha, contra um combinado de atletas dos clubes Ceará e Fortaleza. O acesso ao jogo foi realizado mediante a doação de um quilo de alimento não perecível.

Fonte: Governo do Ceará

PODCAST DIÁLOGO MAIS – PARA ONDE CAMINHA A ECONOMIA BRASILEIRA