Atacante Hulk, que sentiu dores na coxa esquerda, está confirmado entre os titulares do Brasil
Atacante Hulk, que sentiu dores na coxa esquerda, está confirmado entre os titulares do Brasil
Atacante Hulk, que sentiu dores na coxa esquerda, está confirmado entre os titulares do Brasil

A partida contra Camarões nesta segunda-feira, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, às 17h, terá significados distintos para a Seleção Brasileira. O primeiro deles e o mais óbvio é a necessidade de conseguir um bom resultado para resgatar a confiança e garantir a primeira posição do Grupo A. Talvez não menos importante seja o valor histórico que o encontro ganhou. Isso porque esta será a 100ª partida do Brasil em Copas do Mundo.

 

Com quatro pontos em dois jogos, o time comandado por Luiz Felipe Scolari divide a liderança da chave com o México – nos critérios de desempate, os brasileiros estão na frente. Com três pontos, a Croácia ocupa a terceira posição. Uma vitória com boa margem de gols praticamente garante o Brasil na primeira colocação – um empate já sela a classificação.

No Distrito Federal, Felipão deve mandar a campo o mesmo time que venceu os croatas, na estreia, por 3 a 1. O atacante Hulk, que sentiu dores na coxa esquerda e não enfrentou o México, na última terça, está confirmado entre os titulares. Durante os treinamentos da semana, o treinador pediu atenção, sobretudo, na marcação sob pressão. Outra preocupação é o setor de meio-campo, na criação de jogadas.

Já eliminado do Mundial, Camarões entra em campo em busca de uma despedida digna. Sem marcar sequer um gol, os africanos perderam para México (1 a 0) e Croácia (4 a 0). A péssima campanha já gerou conflito entre jogadores. Moukandjo e Assou-Ekotto discutiram e brigaram ao fim da partida contra os europeus. Mas o clima é tenso desde antes do Mundial, já que, entre os muitos atritos, os jogadores não aceitaram a premiação proposta pela federação local e inicialmente boicotaram o voo da delegação ao Brasil. A situação depois, contudo, foi contornada.

Para pegar o Brasil, o grande ídolo dos camaroneses não deve entrar em campo. Samuel Eto’o, com uma lesão no joelho direito, não participou do treino de reconhecimento do gramado do Mané Garrincha, na tarde deste domingo. O atacante não trabalha com bola desde o dia 13 de junho, na estreia da Copa contra o México. Desfalque certo é o volante Song, expulso contra a Croácia. O técnico Volker Finke deve aproveitar a partida e dar oportunidade a jogadores que não entraram nos primeiros jogos.

História

Brasília será o palco de um feito histórico para o Brasil em Copas. Será o 100º jogo dos brasileiros em Mundiais. Outra equipe que já alcançou essa importante marca é a Alemanha, que atuou em 101 partidas. 

Nos 99 jogos disputados, a Seleção venceu 61 vezes, empatou 20 e saiu derrotada em outras 20 partidas – aproveitamento de 74%.

CAMARÕES X BRASIL

Camarões: Itandje; Nyom, Matip, Nkoulou e Bédimo; Enoh e Nguémo; Choupo-Moting, Moukandjo e Aboubakar

Técnico: Volker Finke

Brasil: Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Fred

Técnico: Luiz Felipe Scolari

Motivo: terceira partida da primeira fase da Copa do Mundo

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília

Data: segunda-feira, dia 23 de junho

Horário: 17h

Árbitro: Jonas Eriksson (Suécia)

Assistentes: Mathias Klasenius e Daniel Warnmark

Fonte: SUPERESPORTES