Uma mulher de 28 anos foi presa nesta quarta-feira (22), em Salvador, na Bahia, suspeita de chefiar uma organização criminosa no Ceará. Conforme a Polícia, ela ostentava uma vida luxo nas redes sociais.

Jéssica Andrade da Silva não reagiu à prisão. Ela era companheira de Vicente Antônio de Freitas Filho, 36, conhecido como Vicente Peru, um dos chefes da organização criminosa à qual está relacionada.

FUNÇÃO DE CHEFIA
Vicente Peru, segundo a Polícia, foi capturado em 2016, em Goiás, e está recolhido no Sistema Penitenciário Federal desde 2017. Desde então, Jéssica teria absorvido algumas das funções dele na organização, “tendo amplo conhecimento dos negócios ilícitos” do ex-companheiro.

Além disso, conforme as investigações, ela teria participado diretamente das ordens de Vicente Peru em algumas situações “ou colaborava de alguma forma para que estas ocorressem”, conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

PRISÃO
Jéssica foi presa preventivamente na tarde de quarta-feira em uma operação conjunta entre as forças de inteligência policial do Ceará e da Bahia. O mandado de prisão dela foi expedido pela Vara de Delitos de Organização Criminosa da Comarca de Fortaleza.

No momento, enquanto tratativas são feitas para a transferência da mulher para uma unidade prisional do Estado, as autoridades policiais do Ceará buscam capturar outros participantes da referida organização criminosa.

Fonte: Diário do Nordeste

PODCAST DIÁLOGO MAIS – A violência contra o idoso