(Foto: Reprodução)

Cinco mísseis balísticos disparados pela China parecem ter atingido o mar do Japão, na Zona Econômica Exclusiva do Japão (ZEE), disse o ministro da Defesa japonês, Nobuo Kishi, nesta quinta-feira (4), acrescentando que este foi o primeiro incidente desse tipo.

“Ter cinco mísseis chineses caindo dentro da ZEE do Japão é inédito”, disse Kishi a repórteres. “Nós protestamos fortemente por meio dos canais diplomáticos”, acresentou.

A zona se estende por 200 milhas náuticas dos limites externos dos mares territoriais do Japão e mísseis norte-coreanos caíram em uma parte diferente da ZEE do Japão no passado, incluindo vários em uma enxurrada de lançamentos no início deste ano.

Os exercícios, os maiores já realizados pela China no Estreito de Taiwan, começaram conforme programado ao meio-dia e incluíram disparos reais nas águas ao norte, sul e leste de Taiwan, elevando as tensões na área ao nível mais alto em um quarto de século.

As operações ocorreram dois dias depois que a presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi, visitou Taiwan, e poucas horas depois que a China disse que uma reunião planejada entre seu ministro das Relações Exteriores e o do Japão havia sido cancelada devido ao descontentamento da China com um Declaração do G7 pedindo a Pequim que resolva as tensões de Taiwan pacificamente.

Fonte: CNN Brasil

MAIS ROCK – Novas músicas do Interpol e do Journey e um especial em homenagem ao músico grego Vangelis