(Foto: Divulgação)

Um militar do Exército Brasileiro (EB) foi preso em flagrante pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), na posse de 10 artefatos explosivos, no último domingo (14), nas proximidades da Arena Castelão, em Fortaleza, onde aconteceria o jogo Ceará x Fortaleza, pela Série A do Campeonato Brasileiro.

A PMCE confirmou, por nota, que a prisão foi realizada pelo Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), na Avenida Silas Munguba, no bairro Serrinha. No carro em que o suspeito estava também foram apreendidos dois porretes de madeira.

O condutor do veículo, o militar do Exército (o qual não teve a identidade revelada), foi levado ao 10º Distrito Policial, da Polícia Civil do Ceará (PC-CE), para ser autuado. Enquanto as cinco mulheres foram ouvidas e liberadas.

O militar foi autuado pelos crimes de porte/posse ilegal de artefatos explosivos, previsto no Estatuto do Desarmamento; e por portar, deter ou transportar, no interior do estádio, em suas imediações ou no seu trajeto, em dia de realização de evento esportivo, quaisquer instrumentos que possam servir para a prática de violência, crime tipificado no Estatuto do Torcedor.

A Arena Castelão recebeu o Clássico-Rei, válido pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo terminou com a vitória do Fortaleza por 1 a 0 sobre o Ceará. Confusões foram registradas no acesso das torcidas ao estádio, e a Polícia Militar precisou intervir.

Fonte: Diário do Nordeste