(Foto: Reprodução)

Uma menina de três anos, moradora da localidade de Pajeú, na zona rural de Barroquinha, foi esquecida por algumas horas dentro de um veículo de transporte escolar nesta quinta-feira (9). Segundo familiares, a criança foi encontrada pelo dono de uma oficina mecânica para onde o veículo foi levado. Ele escutou a menina chorando.

Ela estuda em uma creche em região vizinha, chamada Araras. O veículo escolar realiza o transporte diário das crianças de Pajeú à unidade de ensino.

Segundo a mãe da criança, que não quis ser identificada, no veículo, não há nenhuma pessoa monitorando os alunos, apenas o motorista.

Ao chegar à creche, todas as crianças desceram, menos a menina, que tinha dormido. Segundo relato dos parentes, o motorista não percebeu a permanência dela e levou o veículo para a oficina, em Barroquinha, pois estava com um problema mecânico.

A menina foi deixada, dentro do transporte escolar, na oficina, e o motorista foi embora. Ele só voltaria após a conclusão do conserto.

Após algumas horas, o dono da oficina escutou o choro da criança e, ao abrir o veículo, encontrou a menina. Ela estava com fome e sede, e os mecânicos deram lanche para ela.

Depois de garantir os cuidados essenciais, o dono do local ligou para o motorista, avisando que a criança havia ficado. Ele, por sua vez, foi buscar e deixou a estudante em casa, de moto.

Como a mãe tinha sido informada do problema mecânico do transporte escolar, decidiu buscar a filha na escola, percorrendo mais de dez quilômetros de distância em sua bicicleta. Na creche, os professores relataram a ausência da aluna.

Fonte: Diário do Nordeste

MAIS ROCK – Novas músicas do Interpol e do Journey e um especial em homenagem ao músico grego Vangelis