Lançamento do livro Vida e Obra de Dr. Manoel Carlos de Gouvêa lotou o auditório do Sebra de Iguatu. Foto Jan Messias
Lançamento do livro Vida e Obra de Dr. Manoel Carlos de Gouvêa lotou o auditório do Sebra de Iguatu. Foto Jan Messias

Na noite deste sábado, 05, no auditório do Sebrae de Iguatu foi lançada a 2ª edição de “Vida e obra de Dr. Manoel Carlos de Gouvêa”, com presença da autora, Aureny Alves Bezerra, e de autoridades, como o prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, o secretário de cultura e turismo, Michel Prudêncio, a secretária de educação, Diana Mendonça e o secretário de ciência e tecnologia José Roberto Duarte.

Além das autoridades municipais estiveram presentes historiadores e memorialistas da cidade, além de admiradores da figura do Dr. Manoel Carlos de Gouveia ( Gouvêa, na grafia antiga ), como o historiador Wilson Lima Verde, o arquiteto Wilson Filho, o também historiador e idealizador do evento, José Wilton Montenegro e o venerável mestre da loja maçonica Dr. Manoel Carlos de Gouvêa Nº 95, Pedro Normando Feitosa e o médico e presidente do Rotary Club de Iguatu, Dr. Paulo de Tarso.

A solenidade contou também com a presença da banda de música municipal, na regência de Michael Prudêncio e teve falas sobre a importância de reavivar a memória de Dr. Gouvêa. Michel Prudêncio, secretário de cultura e turismo resssaltou a importância da obra e afirmou o apoio da secretaria para manter viva a lembrança do trabalho do ex-prefeito. “Essa obra foi uma referência para mim, que a estudei na faculdade e as histórias sobre Doutor Gouveia lembro desde minha infância”, afirmou.

Exemplares da obra que completou 30 anos de sua primeira ediçao Foto Jan Messias
Exemplares da obra que completou 30 anos de sua primeira ediçao Foto Jan Messias

O historiador José Wilton Montenegro, em sua fala, lembrou do exemplo de Dr. Gouveia para os dias de hoje, lembrando o fato de, em vida, seu maior legado ter sido de obras públicas e de um exemplo de gestor que procurou firmar parcerias para desenvolver a região, sobretudo no sentido da educação e da saúde, deixando como ícone do seu trabalho o Hospital Santo Antônio do Pobres. José Wilton também lembrou da versatilidade de ser médico e político e da transparência para com a população sobre os trabalhos da prefeitura.

Lançamento do livro Vida e Obra de Dr. Manoel Carlos de Gouvêa lotou o auditório do Sebra de Iguatu. Foto Jan Messias
Lançamento do livro Vida e Obra de Dr. Manoel Carlos de Gouvêa lotou o auditório do Sebra de Iguatu. Foto Jan Messias
O historiador José Wilton Montenegro falou da importância de preservar a memória de Dr. Gouvêa Foto Jan Messias
O historiador José Wilton Montenegro falou da importância de preservar a memória de Dr. Gouvêa Foto Jan Messias

A autora, Aureni Bezerra, ressaltou a felicidade em ver sua obra relançada depois de 30 anos da primeira edição, e explicitou sua admiração pelo biografado: “Doutor Gouvêa foi um político exemplar, exemplo para nossa política, nosso povo, nossos políticos. Uma pessoa que viveu em função da comunidade, ele não deixou um patrimônio material para uma família, deixou um patrimônio para todos os iguatuenses.”

Ao centro, a autora do livro sobre Dr. Gouvêa, Aureny Bezerra. Foto Jan Messias
Ao centro, a autora do livro sobre Dr. Gouvêa, Aureny Bezerra. Foto Jan Messias