Jovem trans é raptada estuprada ao ir a encontro no lugar da irmã em Fortaleza

(Foto: Reprodução)

Uma jovem trans de 25 anos foi raptada e estuprada por dois homens após ir no lugar da irmã a um encontro marcado para um suposto pagamento de pensão alimentícia, no Bairro Bom Jardim, em Fortaleza, na noite desta quarta-feira (24).

(Correção: ao ser publicada, com base em informações repassadas por policiais no local da ocorrência, foi informado que a vítima do estupro era um homem. A vítima é, na verdade, uma mulher trans. A informação foi corrigida às 13h02.)

Anúncios

Segundo a Polícia Militar, a irmã da vítima era casada com um integrante de uma facção criminosa. Quando o relacionamento acabou, a mulher foi morar com os dois filhos no território de uma facção rival. Na noite do crime, ela teria sido chamada para receber o pagamento da pensão das crianças, mas a irmã foi no lugar dela.

Após a violência sexual, a jovem seria assassinada, mas conseguiu fugir e procurou a polícia. Ela foi conduzida ao 32º Distrito Policial (DP), onde prestou depoimento.

Policiais do 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) fizeram buscas na região do crime e conseguiram prender três pessoas: um homem de 60 anos e o genro dele, de 27 anos, suspeitos de estuprar a jovem. Além deles, uma mulher de 21 anos também foi capturada, suspeita de participar do crime.

Os três presos foram levados à sede da Perícia Forense, onde passaram por exames periciais, em seguida foram conduzidos à Casa da Mulher Brasileira. A polícia suspeita que o crime foi motivado pelo fato da irmã da vítima ter ido morar no território de um grupo criminoso rival.

Fonte: G1 CE

Artigo anteriorNova variante da Covid, com várias mutações, é detectada na África do Sul
Próximo artigoVÍDEO: Quintais Produtivos; Semana Diocesana dos Pobres segue realizando importantes visitas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui