A governadora Izolda Cela se reuniu, ontem, em Brasília, com a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmen Lúcia, para tratar sobre o litígio envolvendo territórios entre o Ceará e o Piauí. Ele esteve acompanhada da procuradora-geral do Estado, Camilly Cruz.

Na semana passada a governadora já havia se reunido, na sede do Governo, com uma comissão formada por deputados que acompanham o Comitê de Estudos de Limites e Divisas Territoriais do Ceará da Assembleia Legislativa (Celditec), além da equipe jurídica e técnica do Estado para discutir a situação.

A chefe do Executivo destacou a defesa firme dos interesses do Estado do Ceará.

Desde o início da ação, a Procuradoria Geral do Estado (PGE), junto ao Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), já vêm realizando toda a defesa do Estado nesse caso, que envolve territórios de 13 municípios cearenses.

A governadora Izolda Cela destacou que pode haver um expressivo prejuízo em caso de litígio, mas ela destacou que confia na boa relação entre os dois Estados para buscar a solução consensual para a questão.