A mídia estatal do Irã pediu que os Estados Unidos fossem expulsos da Copa do Mundo de 2022 depois que a Federação de Futebol dos EUA mudou a bandeira do Irã em suas plataformas de mídia social, para mostrar seu apoio aos manifestantes no país.

A federação exibiu temporariamente a bandeira nacional do Irã em suas contas oficiais do Twitter, Instagram e Facebook sem o emblema da República Islâmica.

O US Soccer disse à CNN que queria mudar a bandeira oficial por 24 horas para mostrar “apoio às mulheres no Irã que lutam pelos direitos humanos básicos”, mas sempre planejou voltar à bandeira original.

A mudança “foi um gráfico único”, disse o US Soccer à CNN. “Temos o banner principal em nosso site e em outros lugares.”

Atualmente, o emblema está de volta à bandeira nas redes sociais do US Soccer.

A mídia estatal do Irã noticiou que os Estados Unidos deveriam ser imediatamente expulsos do torneio e suspensos por 10 jogos por causa de uma “imagem distorcida” da bandeira do país.

“Ao postar uma imagem distorcida da bandeira da República Islâmica do Irã em sua conta oficial, o time de futebol dos EUA violou o estatuto da Fifa, portanto uma suspensão de 10 jogos é a sanção apropriada.”

Irã e Estados Unidos se enfrentam nesta terça-feira (28) em partida crucial do Grupo B.

Fonte: CNN Brasil