(Foto: Reprodução)

“Parece obra de igreja, não termina nunca.” E é. Vista de longe ocupando o ponto mais alto de Juazeiro do Norte, a igreja do Senhor Bom Jesus do Horto tem formato em espiral e 23 anos de construção. O templo teria sido um desejo que o Padre Cícero não realizou em vida.

Ele queria que uma igreja católica fosse erguida na serra que compõe o horizonte da cidade. Os anos se passaram. A estátua que faz homenagem a ele já tem mais de 50 anos. O Horto tem inclusive um teleférico. Mas a igreja não fica pronta.

Os religiosos salesianos, administradores do espaço, afirmam que tudo está sendo feito com doações e que elas chegam, mas no tempo delas. A projeção é que a parte interna da igreja fique pronta até o ano que vem. A externa vai demorar mais.

Apesar de toda a demora, a igreja já abriga missas e começa a ganhar acabamentos. O mais recente é a instalação de vitrais. O colorido está encantando os visitantes. Chamam atenção as formas desenhadas no vidro: o candeeiro, o terço, o chapéu e outros símbolos da fé dos romeiros.

Fonte: Diário do Nordeste