(Foto: Reprodução)

Uma família recebeu serragem no lugar do corpo de um natimorto após um parto de emergência em um hospital de Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. O caso é investigado pela Polícia Civil, que começou a colher depoimentos nesta terça-feira (2).

As imagens foram registradas pela tia quando ela e a avó do bebê, na presença do serviço funerário, abriram um saco branco entregue pelo hospital.

O caso aconteceu no sábado (30). De acordo com a família, a mãe no sexto mês da gestação deixou a cidade de Imbaú para buscar atendimento no município após complicações.

Ela passou por um parto de emergência, mas a pequena Helena já nasceu sem vida.

Por conta do abalo do casal, de 18 e 19 anos, a avó e a tia paterna se responsabilizaram por organizar o sepultamento da criança. Elas foram até o hospital fazer a retirada do corpo do necrotério, mas estranharam o pacote branco totalmente lacrado.

“A gente foi numa salinha do hospital que tinha três bercinhos e um pacote branco. Só que eu não vi nada, achei que só tinha o berço, até achei que o pacote era o travesseirinho do bercinho. Estava o recepcionista e perguntei cadê o bebê. Ele olhou para mim e falou ‘mas você está achando que é grande o bebê?’, e apontou com o dedo o pacote, branco, tipo quadrado bem lacrado. Daí eu falei que eu queria pedir para ele abrir o pacote, e ele falou ‘eu não toco’. […] Eu estava muito nervosa ainda mais de ver o bebê, não lembro de mais nada”, contou a avó.

Fonte: G1