Foto:Divulgação
Foto:Divulgação
Foto:Divulgação

Uma estudante foi encontrada morta com um tiro em cada olho e seu namorado ferido, ambos em um carro parado na Rua Doutor Waldemar Alcântara, no bairro Cidade dos Funcionários, no início da manhã de ontem. Entre as principais possibilidades apontadas pela Polícia estariam crime passional ou latrocínio (roubo seguido de morte).

 

Testemunhas serão ouvidas e o rapaz envolvido prestará depoimento quando sair do hospital. A estudante universitária Lara Cibele, de 19 anos, foi morta com dois tiros, sendo um em cada região do olho. O namorado, Sam Michel Alberto de Oliveira, 23, foi encontrado dentro do mesmo carro agonizando com um ferimento entre o pescoço e a nuca. A Polícia foi chamada ao local às 5h30 de ontem. Michel foi encaminhado ao Instituto Doutor José Frota (IJF).

Após uma cirurgia na manhã de ontem, ele não corria risco de morte, mas estava em regime de observação até a noite de ontem.

Só após colher o depoimento de Michel, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) definirá melhor a linha de investigação. Mas foram apontados duas primeiras linhas possíveis: crime passional, dado o caráter de execução da vítima fatal, ou latrocínio. Policiais da DHPP procuram testemunhas que teriam notado a aproximação de um outro veículo no local.

Além disso, celulares e outros pertences das vítimas não foram encontrados no veículo. Também não foi constatada nenhuma arma. Lara Cibele foi vista a última vez saindo da Faculdade por volta de 16h30, ao encontro do namorado que teria ligado avisando ir buscá-la.

Ainda segundo a Polícia, o pai de Michel teria recebido uma ligação confusa do filho na madrugada de ontem. Ainda envolto em mistério, o crime é investigado pela DHPP.