Especialistas da Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (Iarc), pertencente às Nações Unidas, divulgaram um relatório confirmando o uso do tabaco e do álcool como causas do câncer de boca. Segundo os autores, a doença ocupa o 16º lugar em termos de incidência e mortalidade no mundo.

No Sudeste Asiático e nas Ilhas do Pacífico Ocidental, onde o câncer de boca é altamente prevalente, os principais fatores de risco são o uso de tabaco sem fumaça e produtos derivados do noz de areca. Uma pequena proporção dos casos globais (2%), por sua vez, é causada por infecção com papilomavírus humano (HPV) – sexualmente transmissível.

“Com base nas evidências analisadas, o Grupo de Trabalho concluiu que há evidências suficientes de que desistir tabagismo, consumo de álcool ou uso de produtos de noz de areca (com ou sem tabaco) reduz o risco elevado de câncer bucal associado à exposição ao fator de risco”, disse Béatrice Lauby-Secretan, coautora do estudo.

 

Fonte: SBT News