Entrevista: Do mangá ao cordel, a arte de Jean Bento

Um dos croquis do jovem desenhista (Reproduu00e7u00e3o)

Desde criança inspirado por desenhos animados, fadas, bruxas, sereias, o jovem Jean Bento amava os personagens do Sítio do Pica-Pau Amarelo.

Por ocasião da passagem do Dia do Desenhista, na última quarta-feira, o Portal Mais FM conversou com ele, que pretende se formar em Design de Moda ou Artes Visuais, e já assina o figurino da peça “Prosopopeias de Casimiro Coco”. São muitas as cores que estampam seus trabalhos, compartilhados nas redes sociais. Seu mais recente desenho é uma fã arte da cantora Lady Gaga, sua musa inspiradora.

Anúncio

Mais FM – Quando você começou a desenhar?

Jean Bento – Eu desenho desde criança, era minha brincadeira preferida, eu amava imaginar histórias e desenhar personagens para elas, ou fazia releituras dos desenhos que eu acompanhava pela TV.

Mais FM – Como percebeu que seu traço tinha algo especial?

Jean Bento – Percebi quando as pessoas começaram a elogiar meus desenhos e falar que eu tinha talento, ou quando eu desenhava algo e ficava admirado, tipo “fui eu que fiz?!”

Mais FM – A prática leva à perfeição? Você está sempre desenhando? 

Jean Bento – Acredito que sim, eu me aprimorei muito com o passar dos anos. Sempre estou desenhando, e quando não estou criando, fico imaginando coisas ou pegando referências para os próximos desenhos. Quando estou com meu dia livre, desenho por cerca de sete ou oito horas. 

Mais FM – Que tipo de figura ou paisagem te instiga a desenhar?

Jean Bento – Eu desenho croquis que são ilustrações de moda, roupas, figurinos, figuras humanas, o que me instiga a criar são as referências que eu tenho de moda, arte e música, mas principalmente da cultura Pop.

Mais FM – Onde você busca informações ou instruções para melhorar a sua técnica?

Jean Bento – Eu não estudo técnicas em si, me inspiro em traços de artistas que eu admiro e tento reproduzir suas respectivas técnicas.

Mais FM – Qual a sensação quando você desenha?

Jean Bento – Eu costumo dizer que me realizo quando desenho, é como esquecer de tudo e passar aquele momento em função daquilo, fantasiando com as figuras que eu desenho, imaginando como são suas vidas, suas personalidades…

Mais FM – Como você definiria a sua identidade visual? 

Jean Bento – Eu não defino, eu não me prendo a um único estilo, desenho desde mangá japonês a cordel, minha arte pode ser lúdica, romântica, bizarra, moderna, mas meu traço é reconhecível em qualquer estilo. 

Os trabalhos de Jean podem ser encontrados no Instagram e no Facebook. Trabalha com encomendas, que podem ser feitas pelo Facebook ou pelo Whatsapp (88) 9773-4156.