empresa Fretcar suspendeu atividades nesta quinta-feira (30), em Fortaleza. O Bom Jardim e o Siqueira são dois dos bairros atendidos pela empresa.

De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus), os sucessivos aumentos do combustível inviabilizaram a operação da empresa. O Sindiônibus afirmou que, de janeiro a junho de 2022, o diesel aumentou 50%, uma crescente inesperada por todas as empresas associadas. A entidade ressaltou que esse período “é a crise mais grave já enfrentada pelo setor”.

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) informou ao g1 que ajusta a programação das linhas operadas pela empresa Fretcar, substituindo-as com veículos de outras empresas de forma que os passageiros não sejam prejudicados.

Ainda segundo o Sindiônibus, o transporte coletivo já enfrentava grandes dificuldades devido à decrescente no número de passageiros. Mesmo com o retorno da economia, em Fortaleza, de acordo com o Sindiônibus, o número de passageiros está em 65% do esperado registrado antes da pandemia se comparado com a demanda registrada em 2019.

O Sindiônibus finalizou que adota medidas operacionais emergenciais para amenizar a situação e manter o serviço normalizado.

Fonte: G1 CE