Os eleitores de 14 estados e do Distrito Federal resolveram a eleição para governador já no primeiro turno. De acordo com a Constituição de 1988, o candidato precisa ter 50% dos votos válidos mais um voto para ser eleito sem a necessidade de uma segunda rodada. Outros 13 estados terão segundo turno.

Do ponto de vista proporcional, as votações mais expressivas deste primeiro turno foram a do Pará (Helder Barbalho – MDB), a do Mato Grosso (Mauro Mendes – União) e a do Paraná (Ratinho Júnior – PSD), em que os eleitos conseguiram em torno de 70% dos votos válidos.

ACRE

Gladson Cameli (PP) foi reeleito governador do Acre, com quase 57% dos votos.

AMAPÁ

Clécio (SD) foi eleito governador com quase 53,6% dos votos. Clécio Luís Vilhena

CEARÁ

Elmano Freitas (PT) foi eleito governador ao conquistar 54% dos votos.

DISTRITO FEDERAL

Ibaneis (MDB) foi reeleito depois de conquistar 50,3% dos votos.

GOIÁS

Ronaldo Caiado (União) foi reeleito governador de Goiás com 51,8% dos votos.

MARANHÃO

Carlos Brandão (PSB), 64 anos, é o atual governador e nesta eleição obteve mais de 51% dos votos válidos.

MATO GROSSO

Mauro Mendes (União) conquistou a reeleição com 68,5% dos votos.

MINAS GERAIS

Romeu Zema (Novo) foi reeleito com pouco mais de 56% dos votos no primeiro turno.

PARÁ

Helder Barbalho (MDB) foi reeleito com 70% dos votos válidos. Sua vice é Hana Ghassan Tuma.

PARANÁ

Carlos Roberto Massa Júnior, conhecido como Ratinho Júnior (PSD), foi reeleito governador do Paraná com mais de 69% dos votos.

PIAUÍ

Rafael Fonteles (PT) foi eleito depois de conquistar 57% dos votos.

RIO DE JANEIRO

Cláudio Castro (PL) foi reeleito com 58,6% dos votos.

RIO GRANDE DO NORTE

Com 58,3%, Fátima Bezerra (PT) foi reeleita governadora do Rio Grande do Norte. Seu vice é Walter Alves.

RORAIMA

Antonio Oliverio Garcia De Almeida, conhecido como Antonio Denarium (PP), foi reeleito governador de Roraima com 56,47% dos votos. Seu vice é Edilson Damião.

TOCANTINS

Wanderlei Barbosa (Republicanos) foi reeleito governador de Tocantins com 58% dos votos.

Fonte: Agência Senado