Dom Geraldo Freire Soares Bispo de Iguatu

No mesmo lugar onde foi ordenado presbítero, há 23 anos, Dom Geraldo foi ordenado Bispo sob o lema episcopal “O Pão Nosso de Cada Dia”. Ele assume a Diocese de Iguatu em 6 de agosto próximo, como o quinto bispo da diocese.

A solene Celebração Eucarística de ordenação contou como Bispo Ordenante Principal, Dom Bernardino Marchió, Bispo Emérito da Diocese de Caruaru – PE e como Bispos Co-Ordenantes Dom José Luiz Ferreira Sales C.Ss.R, Bispo da Diocese de Pesqueira – PE e Dom Francisco de Assis Gabriel dos Santos C.Ss.R, Bispo da Diocese de Campo Maior – PI.

A ordenação diaconal foi celebrada no dia 7 de abril de 2000, na igreja matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Garanhuns, presidida pelo então bispo de Garanhuns, Dom Irineu Scherer. No dia 1 de agosto, na paróquia de São José, em Cruzeiro do Nordeste, onde residem atualmente seus pais, Dom Geraldo foi ordenado presbítero pelas mãos do então bispo diocesano de Pesqueira, Dom Bernardino Marchió.

A cerimônia é rica de sentido. São três bispos que pontificam este ritual. O eleito, por nomeação papal que é lida aos presentes, fez suas promessas de fidelidade à Igreja e de dedicação ao povo cristão do qual será pastor. E após a invocação dos santos no canto das ladainhas, realizou-se o rito principal da sacra ordenação episcopal.

Os três bispos consagrantes impuseram as mãos na fronte do eleito, sendo este – a “keirotonia” – o rito essencial, acompanhado com as palavras consecratórias. E enquanto o sagrante rezava a oração consecratória, dois ministros seguraram na cabeça do eleito o livro dos Evangelhos aberto, que será sempre a fonte inspiradora do ensino episcopal.

Em seguida, Dom Bernardino Marchió que presidiu a ordenação derramou o óleo do crisma na cabeça do eleito. Consagrando-o pois a ele que acabara de receber o Espírito Santo. Com isto, o nosso novo bispo recebeu a plenitude do sacerdócio, como sucessor dos apóstolos.

Logo após ter sido ordenado, recebeu ele as insígnias episcopais: a mitra do pontífice, o báculo do pastor e o anel, sinal de que desposa sua Igreja diocesana. Assim revestido, abençoou os fiéis.

Sonora – Primeira fala de Dom Geraldo como Bispo da Diocese de Iguatu

https://www.diocesedeiguatu.org.br/wp-content/uploads/2022/07/Primeira-fala-como-Bispo-de-Iguatu.mp3?_=1

Sonora do Padre João Batista Administrador Diocesano

https://www.diocesedeiguatu.org.br/wp-content/uploads/2022/07/Fala-Padre-Joao-Batista-Administrador-Diocesano.mp3?_=2

Sonora – Ata da Ordenação Episcopal

https://www.diocesedeiguatu.org.br/wp-content/uploads/2022/07/Ata-da-Ordenacao-Episcopal.mp3?_=3

Deste momento em diante o neo-episcopo é sucessor dos apóstolos, enriquecido pelo caráter sacramental da Ordem e se torna membro do episcopado, portador portanto do Espírito Santo. A riqueza dos ritos sacramentais coloca o novo bispo como responsável pela Igreja docente e como pastor do povo de sua diocese – a Diocese de Iguatu, Ceará.

Dom Geraldo Freire Soares foi nomeado pelo Papa Francisco bispo da Diocese de Iguatu no dia 4 de maio de 2022. Ordenado bispo em 1 de julho de 2022 em Sertânia e a sua posse está programada para 6 de agosto de 2022.

GALERIA DE IMAGEM