A Justiça do Ceará decidiu condenar 10 membros de uma facção criminosa. Somadas, as penas chegam a 66 anos de prisão por crimes, como: tráfico de drogas, associação para o tráfico e promover, constituir, financiar ou integrar organização criminosa. Dentre os acusados há quem estivesse envolvimento, mesmo que indiretamente, em homicídios ocorridos dentro das unidades prisionais.

Conforme denúncia do Ministério Público do Ceará (MPCE), o bando atuava, principalmente, nas cidades de Pacajus e Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza. Todos eles foram alvos da Operação Saratoga, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas, o Gaeco, em 2019.

Foram condenados: Antonio Macio da Silva, José Fernandes Duarte, Raquel Soares da Silva, Júnior Ramos da Silva, Francisca Cleoneide da Silva, Mario Gleisson Silva da Costa, Fabiano Jerônimo Pereira, José Sidnei Alves da Silva, Francisco Patrik Alencar Amaral e Francisco Jarbas Teixeira de Oliveira.

Fonte: Diário do Nordeste

PODCAST MAIS ROCK – Novidades de Sheryl Crow, The Killers, Kasabian, Suede e Slipknot