(Foto: Reprodução)

Uma cozinheira de 34 anos morreu, nesse domingo (8), após a explosão de uma panela de pressão no restaurante em que trabalhava em Ceilândia, no Distrito Federal. Jade do Carmo Paz Gabriel chegou a ser reanimada no local, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a panela era de porte industrial e estourou durante o preparo de um alimento. Funcionários confirmaram que o item tinha capacidade para 10 litros e estava com feijão no momento da explosão.

Os militares encontraram a mulher no chão, inconsciente, em parada cardiorrespiratória e com ferimentos na cabeça, aparentando traumatismo craniano grave.

Os bombeiros fizeram manobras de reanimação por cerca de uma hora. Ao esgotar as tentativas, um médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atestou o óbito da cozinheira.

Fonte: Diário do Nordeste