(Foto: Reprodução)

O presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, anunciou há pouco que encaminhou à Executiva Nacional o posicionamento a favor de que o partido declare apoio a Lula neste segundo turno.

A cúpula da legenda, que integra uma federação com o PSDB e apoiou Simone Tebet no primeiro turno, vai se reunir ao meio-dia desta terça. Na noite deste domingo, a senadora do MDB afirmou que sua decisão sobre quem apoiará na disputa presidencial está tomada, mas que esperaria até 48 horas pela definição dos partidos que a apoiaram.

Na nota, Freire saudou o processo democrático que culminou na ida de Lula e do presidente Jair Bolsonaro para o segundo turno das eleições presidenciais, “que ocorreram de forma pacífica”.

“Contra a descrença de muitos, nossa candidata, Simone Tebet, cumpriu o papel de discutir o Brasil e as soluções para os problemas que afligem os brasileiros: fome, desemprego, inflação alta, estagnação econômica, entre outros”, afirmou o ex-deputado federal, ex-senador e ex-ministro da Cultura do governo Michel Temer.

Segundo Freire, a senadora do MDB “emerge como uma liderança nacional que terá voz ativa e participação nos processos decisórios que terão desenlace a partir desta terça-feira e se aprofundarão a partir de 31 de outubro de 2022”. “A Justiça Eleitoral e nossas instituições saem fortalecidas”, complementou.

Fonte: Veja