(Foto: Reprodução)

Engenheiros do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) criaram um adesivo do tamanho de um selo que produz imagens de ultrassom de alta qualidade de órgãos internos e pode ser usado para monitorar a atividade de músculos e órgãos em dispositivos eletrônicos. O estudo foi publicado na renomada revista científica Science e apresenta o incrível adesivo, do tamanho de um selo postal.

Ao ser colado, ele pode fornecer imagens constantes de ultrassom para monitoramento de órgãos por 48 horas. Como mostra o site da revista americana New Scientist, o adesivo pode ajudar a revelar detalhes como o batimento do coração durante a prática de exercícios ou o estômago se expandindo e encolhendo quando uma pessoa come. As mulheres grávidas também podem observar o desenvolvimento de seus fetos no útero, e os atletas podem monitorar sua atividade cardíaca e muscular, ajustando seus treinos para evitar dores ou lesões.

O invento foi testado no braço, pescoço, peito e cintura de 15 voluntários que beberam suco, levantaram pesos, correram ou pedalaram no laboratório. Os pesquisadores lembram que são necessários mais estudos para que os adesivos de ultrassom possam ser usados em monitoramento médico. Por enquanto, eles precisam ser conectados a um computador por meio de cabos para que as ondas de ultrassom sejam traduzidas em imagens e os dados, coletados. Portanto, ainda demora para que se tornam um sistema totalmente portátil.

Fonte: Portal Zap