O Ceará ultrapassou a marca dos 151 mil casos de Covid-19. Desde o início da pandemia, o número de diagnósticos positivos soma 151.072 casos, com 7.305 óbitos em decorrência da doença. Os dados são da plataforma IntegraSUS, atualizados pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), às 17h07 desta terça-feira (21).

O IntegraSUS indica ainda que há 73.561 casos em investigação e 601 mortes suspeitas de terem sido causadas pelo novo coronavírus. Em todo o Estado, já foram realizados 396.238 exames para detectar o novo coronavírus. O número de pacientes recuperados chegou a 124.616.

Fortaleza, cidade com os maiores índices da doença, contabiliza 40.241 casos e 3.618 óbitos. A capital entrou na fase 4 do processo de reabertura econômica nesta segunda-feira (20). Bares, academias e aulas presenciais continuam paralisados e restaurantes tiveram o horário de funcionamento estendido.

As cidades com os maiores números de diagnósticos positivos da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) são Caucaia, com 4.787 casos e 306 mortes, e Maracanaú, 4.721 diagnósticos positivos e 223 óbitos.

Sobral, segunda cidade do Ceará em número de casos, acumula 9.108 diagnósticos positivos e 278 mortes. Na Região do Cariri, Juazeiro do Norte concentra 4.936 casos confirmados e 177 falecimentos pelo novo coronavírus. Cidades mais afetadas pela pandemia, Juazeiro, Crato, Barbalha, Brejo Santo e Iguatu estão em lockdown.

O número de casos diagnosticados também chama atenção nas cidades de Quixadá (2.465), Tianguá (2.177), Acaraú (2.082), Camocim (2.079) e Crato (2.080).

Veja outras informações da plataforma:
A taxa de ocupação das UTIs cearenses é de 71,49%;
A taxa de ocupação das enfermarias cearenses é de 42,77%;
A letalidade da doença no Estado é de 4,9%.

Fonte: G1 CE