(Foto: Daniela Lima / Mais FM - TV Mais)

Nesse 18 de maio de 2022, o Centro de Atenção Psicossocial, álcool e outras drogas – CAPS AD coordenou, em parceria com os demais CAPS de Iguatu, um ato cultural na praça da Caixa Econômica Federal, em alusão ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial, lembrado anualmente nesta data com ações da rede de saúde mental em conjunto com outras instituições de saúde e de cunho social.

Dentro da programação do mês dedicado à temática, na última segunda-feira (16) na unidade do SESC local, houve o ‘Cine voos para a liberdade’ com a exibição do filme Nise: o coração da loucura, que retrata como as pessoas eram tratadas no passado em manicômios. No mesmo dia, um relato de experiência com o assistente social Francisco Xavier, mestre em Serviço Social pela UFRJ. Já no dia seguinte, na Escola de Saúde Pública de Iguatu, foi realizada uma visitação dos usuários do grupo GAM ao Sistema Agroflorestal daquela instituição.

A equipe organizadora esteve nessa manhã de quarta-feira panfletando pelo centro comercial da cidade, dando orientações e prestando informações sobre o serviço de saúde mental existente no município, bem como conscientizando as pessoas em prol da dignidade daqueles(as) que sofrem com algum transtorno mental. No stand montado no centro da praça foram expostas algumas fotografias de como eram os manicômios espalhados pelo país e como os doentes eram tratados.

Nas abordagens foi expressada a necessidade de melhoria dos recursos destinados aos equipamentos que lidam com o sofrimento psíquico da população.

Assista a entrevista com Vanessa de Morais, assistente social do CAPS-AD de Iguatu: