Início Notícias Brasil Caoa encerrará produção em Jacareí e deve demitir 600 trabalhadores

Caoa encerrará produção em Jacareí e deve demitir 600 trabalhadores

A Caoa Chery vai encerrar suas atividades em Jacareí (80 km de SP) e deve deixar ao menos 600 funcionários desempregados, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, que informa que o anúncio foi feito nesta quinta-feira (5).

O encerramento das atividades está sendo debatido entre o sindicato e a empresa. A entidade tenta negociar com a companhia em busca de minimizar o impacto das demissões na região. Inaugurada em 2015, a fábrica da Cherry em Jacareí foi a primeira da montadora fora da China e produz os veículos Tiggo 3x e Arrizo 6 Pro.

Em nota, a Chery afirma que a unidade será remodelada. No entanto, confirma que haverá demissões para que possa fazer as readequações necessárias. “Atenta às demandas globais em relação à mobilidade sustentável, a montadora assume o compromisso com o Brasil e seus consumidores de eletrificar todos os modelos de seu portfólio até o final de 2023”, diz.

Além da unidade de Jacareí, a Caoa tem uma outra fábrica, em Anápolis (GO), onde são montados modelos da Hyundai e Chery. A compra de 50,7% da Chery pela Caoa foi feita em 2017, por US$ 2 bilhões na época (cerca de R$ 10,06 bilhões na cotação atual).

Segundo a empresa, a produção será intensificada em Anápolis.

Sair da versão mobile