Depois do Senado, foi a vez da Câmara dos Deputados levar informações à Procuradoria-Geral da República sobre a tentativa de golpe de Estado do dia 8 de janeiro.

O presidente da Câmara, deputado Arthur Lira, apresentou uma notícia crime, nesta segunda-feira, ao procurador-geral Augusto Aras, com todas as informações que a Advocacia-Geral da Câmara reuniu sobre os golpistas que depredaram o parlamento.

Para Lira, não se tratou apenas de uma depredação do patrimônio público, mas de um atentado à democracia.

Ao receber as informações, o procurador-geral Augusto Aras prometeu agilidade nas investigações.

Augusto Aras lembrou que já solicitou a abertura de sete inquéritos, inclusive contra autoridades públicas, como o governador afastado do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e demais responsáveis pela segurança de Brasília no último dia 8 de janeiro.

Além disso, o Ministério Público já produziu 40 denúncias contra os envolvidos nos atos golpistas.

Edição: Jacson Segundo / Beatriz Arcoverde

By Luís Sucupira

Jornalista - MTE3951/CE