(Foto: Reprodução)

O presidente dos EUA, Joe Biden, acusou a Rússia de violar os princípios fundamentais de adesão às Nações Unidas ao invadir a Ucrânia e disse que Moscou estava fazendo ameaças “irresponsáveis” de uso de armas nucleares. A declaração foi feita nesta quarta-feira (21), durante o discurso na Assembleia Geral da ONU em Nova York.

Mais cedo, Vladimir Putin fez ameaças nucleares ao Ocidente. “Isto não é um blefe”, declarou o líder russo em um pronunciamento pela TV. Putin anunciou também que convocará cerca de 300 mil cidadãos da reserva para se unirem às tropas russas na Ucrânia.

Biden disse que ninguém havia ameaçado a Rússia, apesar das alegações de Putin em sentido contrário, e que apenas Moscou havia procurado um conflito.

“A guerra na Ucrânia é a guerra de um homem só”, disse, referindo-se a Putin. Ele prometeu solidariedade dos Estados Unidos com a Ucrânia.

Na sequência, o americano alertou sobre os perigos de investimentos em armamentos nucleares, citando Rússia e China.

Fonte: G1

 

PODCAST DIÁLOGO MAIS – OS 200 ANOS DA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL