(Foto: Reprodução)

Uma única doação de sangue pode beneficiar até quatro pessoas. A manutenção dos estoques de bancos públicos de sangue depende da regularidade das doações.

Segundo um levantamento da CNN, realizado com base em informações das secretarias de Saúde e dos hemocentros, 16 estados e o Distrito Federal estão com estoques baixos ou críticos nos bancos de sangue.

Além do DF, a escassez atinge Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Bahia, Pernambuco, Amazonas, Tocantins, São Paulo, Mato Grosso, Maranhão, Acre, Piauí, Sergipe, Goiás, Pará e Rondônia.

Outros cinco estados estão com estoques normalizados, considerando a maioria dos tipos de sangue: Ceará, Rio Grande do Norte, Roraima, Paraná e Amapá. Já os estados do Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Alagoas e Paraíba não responderam à solicitação da CNN.

Doação de sangue beneficia pessoas com talassemia

As talassemias são um grupo de doenças hereditárias crônicas associadas à redução ou ausência de hemoglobina – substância dos glóbulos vermelhos do sangue responsável pelo transporte de oxigênio para o organismo.

Pessoas com talassemia podem apresentar sintomas variados, incluindo anemia persistente, aparência pálida, aumento do baço, distúrbios cardíacos e endócrinos, atraso no crescimento, além de infecções recorrentes.

Segundo o Ministério da Saúde, o tratamento e acompanhamento desses pacientes geralmente é realizado pela Rede Nacional de Hematologia e Hemoterapia (Hemorrede), integrada pelos Hemocentros Coordenadores Estaduais e hemorredes regionais.

Fonte: CNN Brasil