Em tom de despedida, o deputado Antônio Balhmann (Pros) conversou, ontem, com o jornal O Estado sobre a disputa pela coordenação da bancada federal do Ceará. A escolha do novo coordenador ocorrerá hoje, em Brasília. O deputado José Airton Cirilo (PT), nos bastidores, é apontado como sucessor de Balhmann.

Atualmente, a bancada do Ceará no Congresso é formada por 25 membros, sendo 22 deputados federais e três senadores. Todos estão aptos a votar e serem votados para novo coordenador. Tendo como principal função representar os parlamentares do Estado junto ao governo federal, o coordenador deve acompanhar a apresentação e execução das emendas coletivas ao orçamento da União. “O José Airton está pleiteando com muita energia nessa questão, mas é preciso ressaltar que a bancada é sábia quando decide, ou seja, saberá qual o nome que a representará melhor quando se trata principalmente, dos interesses do Ceará”, afirma.

O parlamentar defendeu ainda a união de deputados e senadores cearenses para a alocação de recursos e atuação de resultados, pois, segundo ele, o novo coordenador terá o desafio de lutar pela liberação de recursos federais, que estão muito difíceis, devido à grande crise econômica que o Brasil está vivendo no presente momento.

Apoio

Sobre o assunto, Cirilo confirma a pretensão e já conta com o apoio de 15 deputados e 2 senadores (José Pimentel e Eunício Oliveira), afirmando que a disposição não representa qualquer tipo de disputa política, muito menos insatisfação com o atual coordenador da bancada, até porque o mesmo já coordenou por duas vezes. “Portanto, a eleição para coordenação da bancada do Ceará é um fato rotineiro e, caso ocorra essa confirmação, muito me honra a confiança dos meus colegas”, afirmou recentemente conforme publicado pelo jornal O Estado.

 

 

Fonte: O Estado CE