O preço alto faz com que 49,8% das pessoas não possuam o convênio no país.

Pesquisa mostra que o serviço aparece em 3º lugar entre as prioridades dos brasileiros, atrás da educação e da casa própria. Mas mostra que o preço das mensalidades inviabiliza o acesso de grande parte da população aos convênios. A pesquisa encomendada pelo Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (Ieds) com 3.233 pessoas entrevistadas em todo o país revela que para 77% deles, o custo vai além do que o orçamento doméstico permite e 70% declaram que, se tivessem condições, fariam questão de ter um plano de saúde.

Royalties vão para saúde e educação

Após acordo com o Planalto, a Câmara aprovou projeto de lei que destina 75% dos recursos dos royalties do petróleo para a educação e 25% para a saúde. O texto seguirá agora para a sanção presidencial. A distribuição dos royalties do petróleo extraído do pré-sal na costa brasileira deve garantir um reforço bilionário às duas áreas até 2022. Em 10 anos, cerca de R$ 179 bi para educação e saúde.

Nomeação para cargos no Senado seguirá critério da ficha limpa

A nomeação para cargos comissionados nos gabinetes do Senado deverá atender a critérios da Lei da Ficha Limpa (Lei 135/2010). É o que determina o Projeto de Resolução do Senado (PRS) 5/2012, aprovado nesta terça-feira (13) no Senado. A matéria já havia sido aprovada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), na semana passada. Com esse projeto, o Senado define que para a contratação de assessores é preciso agora ter a ficha limpa.

Ministros do STF voltam a bater boca

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, encerrou de forma abrupta a sessão de julgamento, depois de forte discussão com o ministro Ricardo Lewandowski, durante os debates sobre os embargos declaratórios apresentados à corte pelo ex-deputado Bispo Rodrigues (PL-RJ). Diante do bate-boca, a sessão do Supremo Tribunal Federal foi suspensa.

Cartas para o senado

Com tanta modernidade, onde poucos utilizam uma carta, comenta-se que no período de 16 meses, o Senado gastou quase R$ 2 milhões com a compra de 1,4 milhão de selos, mas não se sabe o que foi feito do material. Uma auditoria apura as despesas e vários funcionários foram afastados.

CMO aprova crédito de R$ 4,4 bilhões para ensino superior e municípios

A Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou, nesta terça-feira (13), a Medida Provisória 616/2013, que abre crédito extraordinário de R$ 2,932 bilhões para o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) e de R$ 1,5 bilhão para auxílio financeiro aos municípios. Os recursos chegarão a todos os municípios com distribuição proporcional, de acordo com as regras do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). (Agencia Câmara)

Estacionamento irregular

Quem estacionar irregularmente em vagas reservadas a idosos ou pessoas com deficiência física poderá não só ser multado, como ter o veículo apreendido. O assunto é tema em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), que deverá votar substitutivo do senador Anibal Diniz (PT-AC) a projeto de lei da Câmara que muda o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) para tornar essa infração grave. Uma medida que deve contribuir para o trânsito nas principais cidades.

Crédito em alta faz CEF ter lucro recorde

Com o aumento de 42,5% na carteira de crédito e de 12% na base de clientes, a Caixa lucrou no primeiro semestre R$ 3,1 bilhões. O valor é 10,3% maior do que o obtido em igual período de 2012.

Governo estuda aumento do preço da gasolina

O ministro Edison Lobão (Minas e Energia) disse nesta terça-feira (13) que o preço da gasolina está defasado e que o governo examina o pedido da Petrobras para realizar um novo reajuste no preço do combustível. “Eles não têm realizado aumentos regulares de preço, mas episódicos”, disse o ministro. O último aumento autorizado pelo governo foi em janeiro deste ano, da ordem de 10,5% para o diesel e 6,6% para a gasolina.

Usuários de topiques querem mais

Solucionado o impasse com a prefeitura agora é a vez dos usuários reclamarem. Ao lado do CRI existe um ponto de embarque, mas os passageiros ficam expostos ao sol e o desconforto das filas, por isso os usuários das topiques  reclamam das péssimas condições durante o embarque para as cidades da região. Enquanto os abrigos não são construídos, a direção do CRI permitiu o acesso dos passageiros para utilizarem as suas dependências. Em breve a prefeitura deverá criar condições para os novos pontos de embarque/desembarque nas avenidas Perimetral e Cruzeiro do Sul.

FHC no SESC

Prossegue esta noite no SESC o X FHC. O evento tem levado um bom público conforme registrou-se na quarta-feira, durante a abertura com Tirulipa com a presença de cerca de 3 mil pessoas. Nesta sexta-feira, a animação fica por conta de Augusto Bonequeiro. Ao participar do evento, o cidadão deve levar 1 kg de alimento, e ao mesmo tempo está colaborando com o programa Mesa Brasil SESC que atende crianças, idosos e gestantes carentes.

Icasa contrata jogador de 39 anos

O meia-atacante Geraldo é o novo reforço do Icasa para a disputa da Série B do Brasileiro. O jogador de 39 anos tem passagens por grandes clubes do futebol nordestino, como Sport, Bahia, Náutico, Vitória, Ceará e Fortaleza. Geraldo disputou o último Campeonato Carioca pelo Volta Redonda. Por aqui, o fato esportivo é o amistoso com o Cobreloa do Chile no dia 7 de setembro no estádio Agenorzão. O evento divide opiniões da torcida diante do desmonte da ADI após a disputa na série B cearense. Qual o time que deverá enfrentar os chilenos?

*Silvani Soares é bancário e radialista