Mais um caso de violência doméstica foi registrado na reta final da noite desta segunda-feira (01/03) na região do Cariri. Já esta manhã compareceu à unidade policial de Araripe/CE a agricultora Antônia Regilania Lopes, de 46 anos, residente no Sítio Serra dos Malaquias na zona rural daquele município. Ela informou que o seu companheiro e também agricultor Arlindo de Melo Nunes, de 52 anos, estava armado com uma foice e proferiu ameaças contra ela na noite anterior.

Com a foice em mãos ele prometia matar sua esposa a qual correu e adentrou a residência do seu filho em busca de socorro, mas saiu pela porta dos fundos do imóvel. É que a mulher foi perseguida por Arlindo e ainda tentou contra a vida dos próprios filhos, Diego Nunes Lopes e Cícero Nunes Lopes. O agricultor tinha ingerido bebidas alcoólicas e estava muito alterado, e os filhos também correram se escondendo do pai numa mata próxima à sua casa, a exemplo do que fizera a esposa.

Pela manhã relataram os fatos à polícia quando Arlindo terminou preso pelo Sargento R. Costa e os Soldados Nascimento e Samuel, o qual não esboçou reação e apenas negou as acusações, sendo conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Araripe juntamente com a foice para os devidos procedimentos. Segundo vizinhos, Arlindo é um homem calmo, porém se transforma quando ingere bebidas alcoólicas. “O cão entra em seus couros e ele fica transtornado”, disse um deles.

Fonte: Blog Jocélio Leite